Pgina Inicial
    Diretoria Executiva
    Palavra do Presidente
    Histria da Aplacana
    Quadro de Funcionrios
    Plano de Sade Empresarial
    Tabela de Taxas 2014/2015
    Unidades de Fornecimento
    Agendamento de Servios
    Mais Pginas
    Notcias
    Galerias de Fotos
    Links teis
    Fale Conosco
    Contatos
 
    Administrativo
    Agrcola
    Assistncia Social
    Fiscalizao
    Jurdico
 
    Relao de Associados
    Como Associar-se
    Por que Associar-se ?
    Artigos Tcnicos
    Relatrios

Notcias:


06/02/2017 14:18:00 - Atualizado em 06/02/2017 14:26:00 -

Produo baixa aponta que setor sucroenergtico no atender a demanda de 2024

Com o objetivo de analisar a eficincia da cana-de-acar no Brasil e determinar o grau de crescimento da produo canavieira sem dispor de mais terras, um estudo da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) da USP (Universidade de So Paulo) publicado na revista BioScience, da Universidade de Oxford, traa cenrios para a produo de cana considerando a demanda projetada para 2024.

Trata-se de um impasse no setor sucroalcooleiro brasileiro sobre para onde os investimentos devem ser direcionados: se para a ocupao de mais terras para o cultivo da cana-de-acar ou para a ampliao da produtividade nas terras j ocupadas, levando-se em conta o crescimento da demanda mundial. Diante disso, o artigo traa cenrios para a produo de cana considerando a demanda projetada para 2024, diz Fbio Marin, do Departamento de Engenharia de Biossistemas da Esalq.

O estudo avalia a trajetria de rendimentos do setor nas duas ltimas dcadas para determinar em que nveis eles devem ser acelerados de modo que se obtenha, em 2024, uma maior produo de cana sem a expanso da rea de produo. Considerando essa srie histrica de ganho de rendimento, o estudo avalia que o ritmo atual de crescimento no ser suficiente para atender a demanda projetada sem uma expanso de rea de 5% a 45% para cenrios de baixa e alta demanda, respectivamente.

O desafio aumentar a produtividade da cana existente, dadas as preocupaes sobre a converso de novas reas e a crescente demanda mundial por acar e etanol de cana. O rendimento mdio nacional da produo nessas condies de 62% do potencial ou seja, h oportunidades de incremento de 38%, diz Marin.

Para o pesquisador, num cenrio mais favorvel, em que o setor atingisse uma produtividade de 80% do seu potencial, a demanda de cana em um futuro prximo seria plenamente atendida com uma possibilidade de reduo de 18% na rea de cana para o cenrio de baixa demanda ou uma expanso de 13% para o cenrio de alta demanda. Ainda de acordo com Marin, tal cenrio possvel, mas desafiador, exigindo uma grande acelerao na taxa de rendimento em comparao com a tendncia histrica, o que seria difcil de ser conseguido sem esforos de financiamento concentrado.

 







APLACANA.COM.BR - ASSOCIAO DOS PLANTADORES DE CANA DA REGIO DE MONTE APRAZVEL
Avenida Santos Dumont, n. 555, Jd Bom Jesus Monte Aprazvel-SP - Telefone: (17) 3275-9670 - FAX: (17) 3275-1230
PortalSQL v1.0 Locado por: 2000 produtoraferreira.com.br - Todos os direitos reservados.