Página Inicial
    Diretoria Executiva
    Palavra do Presidente
    História da Aplacana
    Quadro de Funcionários
    Plano de Saúde Empresarial
    Tabela de Taxas 2014/2015
    Unidades de Fornecimento
    Agendamento de Serviços
    Mais Páginas
    Notícias
    Galerias de Fotos
    Links Úteis
    Fale Conosco
    Contatos
 
    Administrativo
    Agrícola
    Assistência Social
    Fiscalização
    Jurídico
 
    Relação de Associados
    Como Associar-se
    Por que Associar-se ?
    Artigos Técnicos
    Relatórios

Notícias:


02/01/2017 14:23:00 - Atualizado em 02/01/2017 14:38:00 -

Moagem de cana caiu 60% na 1ª quinzena de dezembro, diz Unica

O encerramento das operações desta safra na maior parte das usinas do Centro-Sul, que ocorre mais cedo do que na temporada passada, e as chuvas elevadas da primeira metade do mês, provocaram uma queda acentuada no volume de cana processado no período e consequente redução das produções de açúcar e etanol.
 
Conforme levantamento da União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica), foram processadas 7,145 milhões de toneladas de cana na primeira quinzena de dezembro, uma redução de 60,3% ante o mesmo período do ano passado. 
 
Com isso, a produção de açúcar declinou 43,9%, para 362 mil toneladas, enquanto a destilação de etanol hidratado cedeu 48,9%, para 215 milhões de litros, e a de etanol anidro, 67,4%, a 122 milhões de litros.
 
Desta vez, mesmo um mix mais açucareiro não compensou a menor quantidade de matéria-prima.
 
Do caldo da cana processada, 41% foi direcionada para a produção de açúcar, ante 33,5% no mesmo período de 2015.
 
Já o teor de açúcar na cana (ATR) ficou em 129,62 por tonelada de cana, mais alto que na primeira quinzena do ano passado.
 
Com as atividades da primeira metade do mês, o Centro-Sul já acumula uma produção de 35,059 milhões de toneladas de açúcar, de 14,250 bilhões de litros de etanol hidratado e de 10,491 bilhões de litros de etanol anidro.
 
A quantidade de açúcar produzido superou a do mesmo período do ano passado em 16,7%, devido ao mix mais açucareiro e ao aumento do rendimento industrial.
 
Em média, o mix açucareiro ficou em 46,68%, mais de 5 pontos percentuais do que no acumulado da safra passada, enquanto o ATR médio ficou em 133,87 quilos por tonelada de cana — 1,17% a mais que na safra passada.  Já a produtividade agrícola tem registrado recuos constantes. 
 
Em novembro, a produtividade no campo de 48 empresas ficou 20% menor do que no mesmo mês do ano passado, em 66,8 toneladas de cana por hectare, conforme levantamento do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) divulgado na quinta-feira (29) pela Unica.
 
fonte: www.valor.com.br
 

 







APLACANA.COM.BR - ASSOCIAÇÃO DOS PLANTADORES DE CANA DA REGIÃO DE MONTE APRAZÍVEL
Avenida Santos Dumont, nº. 555, Jd Bom Jesus – Monte Aprazível-SP - Telefone: (17) 3275-9670 - FAX: (17) 3275-1230
PortalSQL v1.0 Locado por: © 2000 produtoraferreira.com.br - Todos os direitos reservados.